Resultados reprodutivos Topigs Norsvin 2020

– Análise –

Pelo décimo terceiro ano consecutivo, a Topigs Norsvin Portugal recolheu os resultados reprodutivos relativos ao ano anterior (2020), junto de todos os suinicultores portugueses que utilizam Genética Topigs Norsvin nas suas explorações e que desejaram colaborar. Este ano foram recolhidos dados de 56.316 reprodutoras Topigs Norsvin divididas por 109 explorações. Com estes números a base de dados TopigsNorsvin representa um total de 28.35% do efetivo reprodutor nacional.

Evolução da produtividade Geral

Na tabela acima apresentada é possível ver a evolução dos ultimos 7 anos de recolha de dados TopigsNorsvin. De realçar a evolução do ano de 2019 para 2020, onde podemos verificar um aumento de 0,4 leitões desmamados/porca/ano, um aumento de 0,1 leitões nascidos totais e nascidos vivos, com um aumento de 0,12 leitoes desmados por ninhada
Ainda sobre a evolução dos dados globais o gráfico abaixo apresentado, mostra-nos uma tendencia bastante interessante, que vai de encontro ao trabalho realizado no sentido de aumento da vitalidade e capacidade de sobrevivencia do leitoes nascidos. Podemos concluir que nos ultimos 7 anos a evolução de leitões nascidos vivos é constante, com uma média de crescimento anual de 0,45 leitões. Para além disso podemos verificar uma diminuição média da mortalidade anual desde 2017 de 0.32%.

Analise de explorações com > de 30 leitões desmamados/porca/ano

Acompanhando a tendência de evolução de produtividade geral, podemos verificar na tabela acima apresentada, uma consolidação de resultados gerais, em que verificamos que passamos de 23,5 % de explorações e 2018 com mais de 30 leitões/desm./porca/ano para 41% em 2020, um aumento substancial de 17,8%, representando um total de 26406 reprodutoras acima deste nível. Também um dado interessante que nos leva a concluir uma consolidação de resultados entre o grupo de todas as explorações TopigsNorsvin, é a diminuição do desvio padrão dos desmamados/porca/ano de 2020 de 2,5 para 2,9 em 2018. Em conclusão, existe um aumento claro da produtividade global das explorações de 2018 para 2020, apesar de ainda haver algumas diferenças entre o global de todas as 109 explorações, estas diferenças estão a diminuir, ou seja no global todas as explorações estão a produzir mais e melhor.

Evolução da produtividade – 10 melhores explorações

Se a evolução nos Dados Globais é evidente, nos resultados 10+ da Topigs Norsvin esta evolução torna-se ainda mais evidente. A seguinte tabela mostra-nos a evolução das 10 melhores explorações TopigsNorsvin dos últimos 7 anos.
Podemos verificar uma evolução de 2019 para 2020 de todos os parâmetros produtivos, com aumento de 0.9 leitões
desmamados/porca/ano, 0,2 leitões NT, 0,3 leitões NV, 0,3 leitões desmamados/ninhada.

Seguindo a tendência verificada nos resultados globais, verificamos que a acompanhar a evolução de nascidos totais e nascidos vivos, temos um decréscimo médio na taxa de mortalidade deste 2016, o que naturalmente beneficia o número de leitões desmamados por ninhada.

Em conclusão, ao longo de todos estes anos de recolha de dados reprodutivos nos clientes que utilizam reprodutoras TopigsNorsvin, verificamos que existe uma clara evolução genética de ano para ano, tanto a nível de nascidos totais e nascidos vivos, assim como em número de leitões desmamados e a sua respetiva taxa de mortalidade em lactação. Existe um progresso balanceado das reprodutoras TopigsNorsvin entre evolução de NT e NV com a capacidade de desmamar os seus próprios leitões, indo de encontro à filosofia de evolução genética da TopigsNorsvin em que todo o leitão merece uma boa mãe.

Partilhe este post:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email