Robustez: Qual o benefício para o produtor?

Por Gert van der Gaag, Gestor de Programas Genéticos

A Robustez é uma palavra de moda na genética e produção de animais modernos. Desde que a Topigs Norsvin começou a selecionar para a vitalidade dos leitões em 1994, só muitos anos mais tarde a concorrência seguiu os seus passos depois de anos de seleção contra a vitalidade. No entanto, o mais importante é descobrir que benefícios traz ao produtor?

Benefício de robustez 1

Resistência geral e resiliência

Por vezes, na exploração, existem problemas com os animais que nem sempre são possíveis solucionar de imediato, mesmo após vários tratamentos. Como exemplo, temos o caso de um vírus bem conhecido o PRRS que, quando diagnosticado, o produtor tem consciência da força com que poderá afetar a sua produção.

Benefício de robustez 2

Longevidade da porca

A aquisição de uma porca não tem, apenas, como objetivo o seu uso numa uma única ninhada, queremos ter o retorno do investimento. Queremos uma porca sem problemas de aprumos, sem problemas de cio, sem diminuição da produção de leite ou cuidados de maternidade e certamente sem deixar cair a produção de leitões após o quarto ciclo. É necessário uma porca que continue produzindo grandes e bonitas ninhadas e que tenha as características no corpo para dar essa continuidade.

As porcas da Topigs Norsvin são selecionadas exatamente para isso.

Benefício de Robustez 3

Vitalidade e mais…

Quanto aos leitões temos de ter em conta a porca em que se investiu neles durante 115 dias. Não queremos ninhadas com um número extremo de leitões a morrer antes de começarem a dar rendimento. Depois do nascimento, têm de resistir e permanecer fortes.

Para além da porca que lhes dá um bom começo de vida, é preciso leitões que possam e queiram lutar contra qualquer obstáculo mesmo que as circunstâncias não sejam as melhores o mais importante é continuarem a comer e a prosperar, deverá ser esse o objetivo em todas as fases das suas vidas. Da fase de gestação à fase de conclusão.

Benefício de robustez 4 

Comportamento do varrasco e da fêmea reprodutora

O comportamento é visto como uma característica de menor importância, no entanto, torna-se um fator crucial na produção diária de suínos. Se a porca não se comporta naturalmente como uma boa mãe, irá obrigar o produtor a utilizar mais recursos para obter bons resultados de produção.

Partilhe este post:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email